Depoimentos: Tudo vai ficar bem

Esse é um depoimento de um leitor que participa e contribui muito aqui no nosso blog, ele resolveu nos presentear com o depoimento dele para que possa ajudar outras pessoas que acham que tudo está perdido! É o depoimento do nosso amigo Horus!

Vamos ao depoimento:


Oi pessoal, esse é um resumo da minha historia, de quando eu descobri ser soro positivo.

Tudo começa em dezembro de 2016, foi quando eu tive a tal exposição de risco, ou seja, me relacionei sem preservativo. Eu nunca imaginaria que esse descuido iria mudar o rumo da minha vida para sempre.

Eis que em fevereiro de 2017, apenas por desencargo de consciência, eu resolvi fazer um teste de HIV, eu digo que foi por desencargo de consciência porque eu não apresentei absolutamente nenhum sintoma da infecção. Cinco dias após esse teste, recebi uma ligação do laboratório dizendo que precisava volta lá, colher mais sangue e fazer um novo teste o tal do Western Blot. Isso foi o suficiente para acabar com minhas noites de sono, eu tinha que esperar mais 8 dias para saber o resultado. Foi a semana mais longa da minha vida. Então o grande dia chegou, 20/02/2017 as 9:00h recebo a ligação diretamente do bioquímico dizendo que eu precisava ir até o laboratório para pegar o resultado, eu pedi que ele me desse por telefone, e ele disse que não poderia mas era para eu ficar tranquilo e ir lá. No fundo eu já sabia que essa situação não é normal, sou da área de saúde e sei como é o processo para dar noticias negativas aos pacientes. Eu sair de casa literalmente correndo, o coração batia mais rápido que um trem, eu ainda estava muito confuso, não achava que era possível ter dado positivo, por apenas um descuido em uma vida inteira de sexo protegido. Chegando lá, ele pediu para que eu acompanhasse até uma sala reservada, ele sentou em frente a um computador e eu já fui logo dizendo: Deu positivo ne? Eu estou com HIV!! Ele olhou pra mim e confirmou com a cabeça. Nesse momento eu surtei, eu comecei a andar de um lado ao outro da sala, dizendo que não era possível, não podia ser real, apenas uma vez, uma única vez e eu tava condenado, eu dizia o tempo todo MEU DEUS COMO EU VOU FALAR ISSO PARA MINHA MÃE, eu chorei tanto ate que fui para um canto da sala e sentei no chão, a sensação nesse momento era de que o próprio chão tinha virado agua e eu estava afundando e sem forças para subir. Lembro que o bioquímico ficou super preocupado, ele dizia a todo o momento para eu ter calma, que teria o contato de um medico que era especialista e que iria me ajudar, mas nada do que ele falava ou fazia me acalmava, eu só sentia vergonha, medo e a maldita sensação de estar afundando. Finalmente após alguns minutos eu meio que voltei a realidade e percebi que eu não poderia ficar daquela forma ali, afinal aquele espaço era o local de trabalho, segurei um pouco as lágrimas, peguei os resultados, o bioquímico me abraçou e me deu um papel com um numero de um medico, mas eu totalmente ignorante  amassei e disse que não iria fazer tratamento nenhum  e lembro dele dizendo para eu não fazer isso, que eu não era o único com essa condição mas eu não estava conseguindo raciocinar, só queria ir para casa.
Confesso a vocês que eu não lembro como cheguei em casa, logo que eu sair do laboratório eu voltei a chorar, andava de cabeça baixa e apenas fui seguindo o caminho pensando em como contar, na vergonha, na decepção que eu ia causar na minha mãe. Quando cheguei em casa, ela estava sozinha, e eu impulsivamente já fui dizendo: Mãe senta ai que preciso conversar com a senhora. Eu nem dei tempo dela perguntar o que era já fui logo dizendo EU SOU HIV POSITIVO, estou com o vírus da AIDS. Ela ficou em silêncio por alguns segundos e olhando para mim como se o mundo dela tivesse acabado também até que finalmente as palavras começaram a sair e ela disse: Meu filho existe um tratamento e você vai fazer, agora é tratar e arcar com as consequências dos seus atos. Eu disse a ela que não iria tratar que não queria mais viver, que estava condenado. Ela veio ate mim e disse que eu iria tratar sim, e que estaria do meu lado para o que der e vier e me abraçou.
Acho que foi o pingo de esperança que eu precisava para continuar, minha mãe se tornou minha cumplice, pois nem meu pai e irmão sabem somente ela.

Os dias foram passando, eu já não sabia mais o que era dormir ou comer eu ia trabalhar e todo mundo me perguntando o que estava acontecendo, na faculdade a mesma coisa, eu parei de ir academia, abandonei as redes sociais, eu comecei a me isolar, dentro de casa a única coisa que ainda me trazia felicidade é o anjo que Deus colocou na minha vida, uma sobrinha de 4 anos que eu tenho, eu costumo dizer que ela é a bateria que recarrega minha vida todos os dias, na verdade ela e minha mãe. Não que eu tenha um mau relacionamento com meu pai e irmão, mas ainda não tive coragem de contar para eles e acredito que não terei jamais, assim como não contei para nenhum amigo, porque pior que esse vírus maldito é o preconceito que ainda existe em relação a ele.
Mas nem tudo são flores né? Eu ainda não conseguia parar de pensar em suicídio, mesmo depois de tanto amor e compreensão que eu recebi de minha mãe. Eu comecei a me perguntar se se egoísta a tal ponto era mesmo a solução, fazer algo que ia deixar as pessoas que eu amo sofrendo para sempre…
Até que em uma das madrugas de insônia eu achei esse blog, li tantas coisas boas, tantas situações parecidas, tanta superação e a tristeza foi dando mais espaço a esperança e vontade de viver. Comecei a conversar com o Jeff, que é o criador aqui do blog e ele contou coisas que me deixava mais forte a cada dia.
Eu não sabia, por exemplo, que era possível ficar indetectável, eu não sabia que ainda poderia ser pai e isso foi acalmando meu coração e resolvi procurar um medico.

Eu comecei o tratamento no mesmo dia, após a consulta, apesar de ainda não ter os exames de CD4 e CV e não senti absolutamente nenhum efeito colateral.

E ontem dia 24/03/2017 eu completei 1 mês de tratamento, os resultados do CD4 e CV  saíram antes dessa data e meu CD4 foi de 831 e minha CV já estava indetectável em menos de um mês, também deu não reagente pra sífilis e que eu sou imune a hepatite, agora só preciso voltar no meu medico em setembro, foi tão bom ouvir ele dizendo “ o senhor estar ótimo, parabéns!”. Eu acho que a ultima vez que fiquei feliz assim, foi antes de descobrir a minha condição.

Eu acredito que tudo tem um propósito, hoje não me pergunto mais o porquê disso ter acontecido comigo eu me achei culpado por muitos dias, eu sentia nojo de mim, no banho eu passava tão forte a esponja que ate feria a minha pele, mas eu não sou nenhum criminoso se aconteceu é porque tinha que acontecer. Existem tantas outras coisas piores no mundo acontecendo com tratamento caro ou ate patologias degenerativas com expectativa de vida de 7 anos e a nossa pode ser controlada apenas com alguns comprimidos que ainda são de graça e a gente ainda fica com medo?

Eu já voltei a minha rotina normal, já consigo sorrir, óbvio que tem os dias que ainda bate aquela velha “bad”, mas aí é só começar a pensar em coisas boas, nas noticias promissoras sobre a cura que está cada vez mais próxima e sim, eu acredito que muito em breve meus amigos, poderemos ficar livre desse vírus ordinário.

Então é isso pessoal, olha o tamanho do texto, nem sei se vocês irão ler, mas isso é apenas um resumo desses quase 2 meses de condição soro positiva, eu espero ter ajudado aos que estão descobrindo agora.

E como diria minha mãe “Tudo vai ficar bem”!!!

Fiquem com Deus!
Abraços!


Este foi o depoimento do nosso amigo Horus.

Amigo Horus,

Muito obrigado pelo seu depoimento! Desejo a você , toda a felicidade do mundo, uma vida repleta de bons momentos com muita saúde e paz! É como eu já te disse, isso não é o fim de nada que tu queira que acabe! Só tu podes decidir o que acaba na tua vida, não permita que um mísero vírus faça isso por ti. E tua mãe tem muita razão quando diz: tudo vai ficar bem!

Um abraço

Se você tem uma história de superação e ou de uma batalha que está travando no momento! E tiver vontade de compartilhar, escreva para o meu email: depoimentos@vivercomhiv.com.br manifestando o seu interesse em contar sua história. Vou adorar conhecer sua história e publicar ela aqui.

Autor do Post Jeff

Eu sou o Jeff! Muito prazer! Sou soropositivo há 15 anos. Levou bastante tempo até eu aceitar essa minha nova condição e realidade, e depois de alguns percalços da vida eu levo uma vida boa e feliz! Criei esse blog para tentar te mostrar, que a vida é muito maior do que um mísero vírus e que não podemos fazer nossa vida girar em torno disso.

29 Comentários em “Depoimentos: Tudo vai ficar bem

    Ster ( 07/11/2017 - 9:32 AM )

    Vou viajar para fazer o teste de sorologia.

    Ster ( 07/11/2017 - 9:30 AM )

    Olá bom dia meu nome é alana e tenho 26 anos de Idade estou com suspeita de estar com hiv e estou morta de medo dos resultados de início eu não quis contar nada para ninguém mais essa agonia estava me matando por dentro entao minha mãe percebeu que eu estava muito nervosa porq contei a ela que eu estava sem comer e triste… ele me fez umas perguntas entao eu decidi contar confesso que as vezes pensando nisso eu perco até o ar de medo.. eu contei para ela que eu tive relaçao e não me prevenir ela de início falou “minha filha ” assustada … eu sei que poderia ter me prevenido mais precisava contar a ela afinal ela é minha mãe e é a única que poderá me ajudar me apoiar bom eu não sei do resultado ainda eu fiz um hemograma normal e tá tudo normal agora eu vou viajar segunda feira para a cidade da minha mãe pois onde eu moro com meu filho é muito pequeno e já sabe ne cidade pequena é horrível… tenho medo do preconceito tenho medo de não poder me casar mais tenho medo de me olharem tortos… enfim tô com medo de tudo não sei se o motivo de eu não estar comendo é pelo meu nervoso mais enfim tô tremendo de medo.

    Luciano ( 18/05/2017 - 9:02 AM )

    Oi gente, então voltei pra dizer que no domingo passado iniciei minha medição estou tomando o novo esquema . Ainda não senti nenhum efeito estou tomando tem 4 dias foi um processo até eu conseguir tomar fiquei quase uma semana com os remédios na bolsa mas mão tinha coragem
    Estou bem não estou sentindo nada aguardando o resultado do meu cd4 sair agora é e isso estou tentando viver a vida tentando esquecer.
    Tomo os remédios todos os dias 00:10 ou seja na hora que vou doem prefiro por conta do medo de efeitos só essa hora que a ficha cai e eu tomo os remédios chorando todos os dias espero que uma hora eu me acostume e passe essa agonia vivo calado porque na minha casa ninguém sabe de nada e ainda não tenho coragem de tocar nesse assunto vou vivendo a vida do jeito que dá to procurando a me ocupar com coisas tipo estudos É etc..
    Mas to ai a única coisa que eu senti e me deu um medinho foi ingua no pescoço mas só ficou por 2 dias depois sumiu
    Assim que sair meu cd4 venho aqui trazer novas informações sobre minha história
    Bjos a todos e que sejamos felizes!!

    Luciano ( 17/04/2017 - 2:36 PM )

    Oiii gente voltei aqui pra dizer que ainda não tive coragem de ir fazer o exame Real todos os dias acordo decidido mas não tenho forças

    Estou com medo e fico na sensação de que não é verdade é que houve algum erro no teste rápido que fiz já que não sinto sintoma algum de HIV

    Logo mais eu volto com notícias sobre o resultado pq não posso deixar me levar assim tenho que acreditar que independente do resultado eu poderei viver sim !

      Horus ( 18/04/2017 - 9:04 AM )

      Luciano!

      Poxa meu amigo! Não faça isso!
      Eu até hoje n tive absolutamente nenhum sintoma do vírus, como disse no depoimento eu fiz o teste por desencargo de consciência.
      Lembre-se que quanto mais rápido você souber (se for positivo) mais rápido vc inicia seu tratamento e pode se tornar indetectável. E caso vc tenha contraído o vírus, o passar do tempo só vai permitir com q ele se prolifere mais dentro de vc!
      Isso é uma guerra e vc decide qual lado vc tá!
      O SEU ou o HIV!

        luciano ( 18/04/2017 - 5:14 PM )

        Oi amigos então , hoje acordei decidido a ir fazer o exame e fiz .
        era oque eu mais temia sou soropositivo confirmado agora não estou tão desesperado minha médica foi um amor comigo me passou todos os procedimentos adequados e me indicou para uma psicologa muito boa
        claro que passa um filme na cabeça da gente mas como havia falado nunca senti absolutamente sintoma algum
        deu tudo negativo apenas HIV positivo claro que no fundo no fundo agente acha ou tenta acreditar que tem algum erro e tals , mas não é a pura realidade e tenho que encarar essa barra ,guerra de frente e forte .
        amanhã irei fazer um exame de sangue e urina e no dia 24/04 irei fazer meus exames virais e cd4
        confesso que oque mais está me deixando com medo é a medicação como havia falado nunca senti nada tenho medo de após começar com a medicação aparecer sintomas , minha médica disse que hoje e raro e é de pessoa para pessoa
        decidi por enquanto ainda não contar nada pra ninguém só quem sabe é minha melhor amiga e um amigo meio irmão meu , no momento está passando um filme na minha cabeça não sei sabe medo estou meio assustado mas eu tô confiante de que vou vencer essa batalha e viver por muitos e muitos anos !

        Obrigado pelo apoio de vocês agradeço sempre por ter encontrado esse Blog aqui é maravilhoso e encoraja agente de se abrir sobre esse maldito vírus
        Horus meu amigo muito obrigado pelas palavras !

        assim que começãr com meu tratamento eu escrevo mais um pouco aqui pra dizer como está tudo dentro do meus organismo !

          Horus ( 20/04/2017 - 11:22 PM )

          Fico triste por seu resultado. Mas agora é como vc disse, seguir com a cabeça erguida e atento às medicações! Espero que comece logo seu tratamento, n sei pq sua médica já indicou isso!
          Pq no meu caso assim q passei pelo médico ele já receitou o medicamento antes dos resultados de CV E CD4!

          Vai da tudo certo e nos mantenha avisados sim!

    Bruno ( 14/04/2017 - 10:28 PM )

    Horus, parabéns pela vitória.
    Ao realizar um exame de rotina descobri minha soropositividade para o hiv, dia 23/01/17 tendo os exames confirmatórios dia 01/02/17. Os 7 dias que tive que esperar a confirmação foram os piores dias da minha vida pois mesmo o elisa ter dado reagente estava convicto que ocorreu um erro. Mas não, tudo era real. Posso dizer que a angustia pelo resultado foi pior que a confirmação. Entrei em choque mas não conseguia pensar em nada. Só fiquei com medo de morrer. Contei para dois amigos, sendo que um deles é medico e logo disse pra eu entrar em contato com infectologista e iniciar o tratamento. Só consegui vaga para a consulta para o dia 20/02, mesmo tendo plano de saúde. Entre consultas e espera por novos exames comecei a tratar dia 14/03/17. Apesar de não ter nenhum sintoma de HIV e me sentir saudável meu cd4 estava 198 e a CV estava 400.000, valores muito altos. Hoje completou 1 mês de tratamento e estou ansioso para ver os novos exames que farei no próximo dia útil. Desde que iniciei o tratamento estou me sentindo muito bem, tive 0% de efeito colateral. Estou tomando a nova medicação (Dolutegravir). Hoje considero o medicamento meu melhor amigo porque ele esta dando oportunidade de viver. As vezes esqueço que tenho o virus, só lembro qd o celular desperta. Pessoal, acreditem: existe vida após o HIV.

      Horus ( 18/04/2017 - 9:00 AM )

      Oi Bruno!

      Obrigado! É assim mesmo meu amigo, depois que passa o susto e os questionamentos percebemos que somos capazes de seguir em frente e domar o vírus. Tô torcendo muito por sua vitória é curioso pra saber como estão seus novos exames!
      Assim como você, tem alguns dias q eu tbm não lembro mesmo q sou soropositivo, até o celular despertar e aparecer o nome X-MEN rsrsrsr pois é assim que me sinto agora, um X-MEN porque assim como os da ficção a maioria das pessoa tem medo do que eles são pq não conhecem!

      Abraço!

    Luciano ( 06/04/2017 - 10:22 AM )

    OBRIGADO HORUS NÃO ESTOU ACREDITANDO QUE ISSO ACONTECEU COMIGO ATÉ AGORA ESTOU EM CHOCK
    preciso logo realizar esse exame pra ter a plena certeza de que é isso mesmo estou indo hoje
    logo mais eu retornarei avisando aqui oque realmente deu

    Luciano Rufino ( 05/04/2017 - 7:13 PM )

    Oi gente , meu nome é luciano sou morador do Rj baixada
    e hoje dia 05/04/17 eu fiz um teste rápido no centro do rio e deu reagente
    tenho uma pessoa fixa há 6 meses e aconteceu umas 2 vzs sem camisinha
    sei que a consequência foi minha mas agente nunca acha que vai acontecer com agente
    estou desesperado mas gosto de procurar as coisas então achei esse blog eles me deram um encaminhamento pra fazer um exame pra ter a certeza mas eu confesso que estou sem chão
    não sei oque fazer

      Luciano Rufino ( 05/04/2017 - 7:13 PM )

      Ahhh Tenho 24 anos

        Marcus ( 05/04/2017 - 9:25 PM )

        Luciano boa noite, no inicio nos sentimos sem chão , como se uma cortina se fechasse diante dos nossos olhos.
        Contudo lhe digo por experiência propiá busque o tratamento e com tempo as coisas vão voltando ao normal…
        Daqui pra frente você terá uma vida regrada e cheia de amor por si mesmo, faço o tratamento desde de junho do ano passado, hoje estou indetectável e seguindo minha vida….

          Luciano Rufino ( 05/04/2017 - 11:06 PM )

          Obrigado Marcus , eu pretendo ir amanhã fazer o exame oficial porque esse não foi um exame e sim um teste
          pela saliva deu reagente quais as chances de eu ter mesmo ou não ?

          pq esses teste de 20 min são falheis ou reais ?

          estou muito preocupado e com muito medo gente me ajudem !

        Horus ( 05/04/2017 - 11:45 PM )

        Oi Luciani!
        Sei que esse momento inicial não é nada fácil, e a única coisa que fica em nossa cabeça é POR QUE? São tantos “porques” que faz até a gente perder o sono. Mas acredite, logo isso passa!
        Torço para que vc comece logo se tratamento e com os dias vc vai ver q esse vírus insuportável pode ser domado, basta seguir a medicação corretamente.
        Força e coragem viu?!?

    Danilo ( 01/04/2017 - 11:21 PM )

    Olá pessoal! Boa Noite. Venho compartilhar com vocês uma notícia naravilhosa. Depois de quase 2 meses de tratamento, minha carga viral caiu de 33.000 para 114….estou muito feliz pois logo logo alcançarei o tão sonhado indetectavel….no entanto estou um pouco ressabiado, pois meu linfonodo esta menos inchado mas ainda não está do jeito normal sabe?!
    Fui no médico e o mesmo me recomendou fazer mais alguns exames. Eu estou com um canal no dente para fazer, talvez até seja isso (o tal do absesso dentário), mas gostaria que alguém que passou por esta situação de aumento do gânglio linfático me falasse se demora muito pra ele voltar ao normal, depois de iniciado o tratamento. O meu não está tão maior assim, mas quando toco sinto aquele carocinho. Já fiz biópsia e ressonância nele, e não deu nada!

    Enfim!

    C.A ( 01/04/2017 - 12:57 PM )

    Olá bmr, abaixo está um artigo do Wikipédia, não sei precisar a coerência dos artigos, porém vc pode cruzar as informações através do: https://scholar.google.com.br ; e até mesmo no próprio site: aids.gov.br, que por se tratar de um site que compõe diretrizes para tratamento do HIV, pelo Ministério da Saúde, as informações tem por base políticas públicas de saúde. Protocolo específico.

    bmr ( 29/03/2017 - 11:53 AM )

    Olá, Jeff
    Situação de risco foi em 07/12/2016
    Fiz tratamento com PEP, do dia 09/12/2016 até 07/01/2017.
    Tive sintomas dos retrovirais
    Tive também sintomas semelhantes dá fase aguda
    Após 15 dias dá exposição fiz um teste Eliza
    Após 85 dias dá exposição fiz um teste rápido no CTA, Enfermeira encerrou o caso
    Após 91 dias dá exposição fiz um teste 4° geração, pesquisa antígenos e anticorpos

    Todos os teste deram não reagentes

    Porém ainda sinto sintomas do tipo: ínguas que doem muito no pescoço, virilha, axilas….dores musculares e dor de cabeça

    Fiz também testes para: sífilis, hepatites e HTLV, todos deram não reagente.

    Recomenda encerrar o caso ou ainda devo fazer outros testes, principalmente para HIV, devido os sintomas que estou sentindo???
    É possível o uso dá PEP ter interferido, nos teste para antígenos e anticorpos???

    Obrigado!!!

      Iuri ( 01/04/2017 - 6:30 PM )

      Olá bmr, casos como o seu aparecerem com frequência, sendo resultado da somatização e preocupações de ter contraído o vírus.
      Um teste de 4 geração com 90 dias é bastante seguro.
      Porém, como você fez uso do PEP, continue o monitoramento até pelo menos 6 meses, mas já sabendo que a probabilidade de você ter contrariado HIV é quase 0%.

    Horus ( 28/03/2017 - 11:37 PM )

    Gisele…

    Obrigado! Sucesso e saúde para todos nós!

    Horus ( 28/03/2017 - 11:34 PM )

    Muito obrigado a vc Jeff, por esse espaço, por pelo menos aqui a gente poder ser quem de fato nós somos agora, já que a nossa sociedade em grande parte ainda não nos aceita muito bem!
    Quem me dera ter pessoas tão legais quanto às que aparecem aqui por perto para poder conversar. Pq somente alguém com a mesma condição é capaz de entender.

      jose eduardo ( 29/03/2017 - 9:44 AM )

      legal ler seu depoimento, sou também da area da saude e estou usando os conprimido a mais de 5 anos e tudo bom.

    Marcus ( 28/03/2017 - 5:04 PM )

    Excelente depoimento, no primeiro instante uma Kenkel se fecha diante dos nossos olhos só pensamos na morte e no sofrimento , esse blog também me ajudou muito e hoje tomo meu medicamento e sigo minha vida em frente….

    Rita ( 28/03/2017 - 4:41 PM )

    Ainda estou em choque, queria que fosse apenas um pesadelo!

      Horus ( 28/03/2017 - 11:36 PM )

      Rita, vc precisa acreditar em vc mesma e começar a acreditar que vc será maior que isso! Eu não te conheço mas só por vc já saber sua condição significa que vc foi corajosa o bastante para fazer o exame.
      Então continue, esse vírus pode ser domado! Não desista de vc!

    Salete ( 28/03/2017 - 2:26 PM )

    Realista a primeira parte é realista também a segunda parte. Simples assim. A vida continua bela.

    Thiago ( 28/03/2017 - 9:11 AM )

    Parabéns, quando recebemos a noticia é muito forte e inexplicável a sensação. Mais logo vamos lendo, buscando entender e vimos que temos uma vida normal, que a morte nao vem pra quem é soro positivo, a morte vem pra qualquer um e no caso do soropositivo é pra aqueles que nao seguem o tratamento continuam a transar sem preservativo. O resto fica tudo bem!! Descobri a 6 meses e minha vida hoje volto ao normal ja!!! Mais o impacto dessa noticia nos deixa muito abalados!!! Sucesso

      Horus ( 28/03/2017 - 11:39 PM )

      Sim Thiago!
      Ela causa um impacto tremendo. Até pq antes da gente contrair o vírus não tínhamos as informações e certamente o preconceito habitava.
      Hoje em dia temos um tratamento eficaz e podemos viver normalmente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *