O que você escolhe?

Geralmente quando as pessoas recebem o diagnóstico que são soropositivas (portadoras do vírus HIV), elas logo pensam que sua vida acabou, que não adianta mais fazer planos, pois se não forem morrer por causa disso, nunca mais vão encontrar um amor na vida ou vão ser abandonadas pela pessoa que está atualmente, assim que essa pessoa souber da sua nova condição.

Este tipo de pensamento está longe (muito longe eu diria) da realidade.

O pior preconceito é o seu consigo mesmo!

Se você recém descobriu seu diagnóstico, não se desespere! Saiba que sua vida não acabou, que você vai poder continuar sonhando e fazendo planos para o futuro! Não! E sua vida não vai ser mais curta por causa do HIV.

Se você recém descobriu que é soropositivo, nesse exato momento sua cabeça está a mil! Com muitas dúvidas, medos e até mesmo paranoias.  Convivo com o HIV há 15 anos já e vou te contar um pouco de como é conviver com o HIV e vou tentar te mostrar como vai ser daqui por diante.

O que você precisa fazer inicialmente, ao invés de se desesperar, é procurar um médico. Um infectologista. É importante que você encontre um infectologista que você goste e se sinta a vontade para falar com ele (ou ela) sobre absolutamente tudo (sexo, drogas, hábitos saudáveis, hábitos não saudáveis e etc…), enfim falar sobre tudo.

Mas antes de ir no médico, vou te dar uma dica, anote em uma folha de papel, todas as dúvidas, medos e paranoias que você tem em relação ao HIV. anota tudo! Pode escrever agora, eu espero!! Escreveu?? Escreveu tudo mesmo? Até aquilo que você pensou que era bobagem escrever?? Eu continuo esperando você terminar! Terminou?? Agora pegue essa lista, não importa se ela tem 100 itens ou apenas um só (mas eu duvido que ela tenha somente um)! Quando você for ao seu infectologista, pergunte cada item desta lista para ele. Acredite, isso ajuda muito, pois agora, nesse exato momento, você está imaginando que vai perguntar tudo que você precisa saber sobre o HIV. Mas na hora da consulta, estamos tão nervosos que acabamos não perguntando a metade do que queríamos perguntar. E com a lista não tem como esquecer alguma coisa que queríamos saber e esquecemos de perguntar.

No consultório do médico, depois que ele te falar que ter HIV não é o fim, de que sua vida mudou, e que ela vai precisar ser um pouco mais regrada. Ele provavelmente vai te pedir uma bateria de exames de sangue e urina. Para que ele possa ter uma visão geral da sua saúde, ele pode lhe pedir inclusive radiografias, não se desespere com a quantidade de exames que ele vai lhe pedir, achando que isso é um mau sinal, que você está com a saúde a perigo. Esse monte de exames é normal e necessário para ele ter uma visão da sua saúde atual e futuramente um comparativo, que vai ajudar ele no acompanhamento e evolução do seu tratamento. Dentre esses exames, está o famoso exame de CD4, que diz como está a sua imunidade e o exame de carga viral, que é o exame que diz a ele qual a quantidade de vírus tem em um gota de sangue sua. Quanto maior der o resultado do seu CD4, melhor será e quanto menor for o resultado da sua carga viral, melhor será! Mas de novo, não se desespere se num primeiro exame acontecer exatamente o contrário!

Lembre-se! Você recém descobriu e não está se tratando ainda, portanto, é normal e até mesmo de se esperar que o contrario aconteça. O médico pode (ou não) já iniciar com a medição, prescrevendo os remédios a você. Ou ele pode querer esperar o resultados dos exames para iniciar.

Como vai ser agora??

Agora que você já foi ao médico, e ele já lhe prescreveu os remédios que você deve tomar, você precisa ir buscar os remédios, geralmente é em uma farmácia do governo próximo a você. Muita gente me relata preocupação e vergonha de ir buscar os remédios, pois as pessoas vão saber porque você está lá e que vivem em uma cidade pequena e que as pessoas iriam comentar! Mas saiba que as pessoas que estão lá, algumas estão à trabalho e as outras pessoas, se elas estão lá, é porque elas estão na mesma situação que você, e as que estão à trabalho elas não podem e não vão ficar comentando a respeito da sua saúde para outras pessoas. E não há porque sentir medo ou vergonha de buscar uma ajuda que é um direito seu.

Agora que você buscou os remédios, é hora de escolher que horário você vai tomar, é importante saber, que você vai precisar tomar esse remédio TODOS OS DIAS, no mesmo horário, geralmente os médicos orientam a tomar o remédio um pouco antes de dormir e de estômago cheio. Converse com seu infectologista sobre isso.

Como todo o medicamento, podem haver efeitos colaterais, não há muito como fugir disso, dito isso, atualmente, os novos remédios são bastante conhecidos por causarem menos efeitos ou nem causarem. Mas quando você começar a tomar o remédio, se você sofrer algum efeito colateral, NÃO INTERROMPA JAMAIS a medicação sem antes conversar com seu infectologista.E mantenha sempre em mente que os EFEITOS NÃO DURAM PARA SEMPRE, é só o tempo do seu corpo se acostumar com o medicamento, geralmente as pessoas que sofreram efeitos colaterais, só durou algumas semanas, em casos mais raros meses, mas nunca ninguém me relatou aqui no blog que sofre com esses efeitos por anos.

Agora você deve estar se perguntado, que efeitos são esses? Algumas pessoas apresentaram diarreia nas primeiras semanas do medicamento, outras manchas vermelhas na pele, que coçam de vez em quando, outras tonturas e outras náuseas e sonhos bizarros ou pesadelos. Mas é importante frisar de que esses EFEITOS NÃO DURAM PARA SEMPRE, portanto, se você está com medo de ter algum efeito colateral, infelizmente não há como saber se vai e qual vai ser, mas se você tiver algum, jamais pare por conta própria e relate ao seu infectologista, e persista, isso vai passar.

Agora que você já está devidamente medicado, vou te dizer como vai ser sua vida, aliás, como vai ser sua vida eu não posso dizer, só quem vai dizer isso é você! Você tem duas escolhas:

1.Ser vítima ou refém do HIV.

2. Fazer o HIV se adequar ao seu ritmo de vida!

Se você escolheu a primeira maneira de viver sua vida, sua vida vai ser difícil, pois você vai se achar inferior perante ao vírus e perante as outras pessoas, provavelmente você vai ficar deprimido e se achando um coitado e injustiçado por um bom tempo, até você perceber que deveria ter escolhido viver a segunda maneira, pois nada nem

ninguém vai te arrastar para a vida a qual você pertence!

E, fatalmente vai acabar seguindo a segunda maneira de viver!

Se você escolheu a segunda maneira de viver sua vida, sua vida poderá ser um difícil no início, por conta dos efeitos colaterais dos remédios que você pode ou não ter. Mas depois que essa fase passar (e com certeza ela vai passar), Sua vida  vai ser como você quiser que ela seja!

Quem coloca um limite na sua vida, é você mesmo.

Com o tratamento e acompanhamento correto, sua vida pode ser maravilhosa, você vai poder continuar estudando, crescendo no trabalho, amando, constituir família e ser feliz!

Você não precisa mudar nada na sua vida que você não queira que mude.

Você não precisa desistir de nada na sua vida, ter HIV, não é um castigo kármico, e sim uma doença que pode ser controlada, não há cura, é verdade, mas há tratamento! Mas a escolha é sua!

E aí, o que você escolhe??

Autor do Post Jeff

Eu sou o Jeff! Muito prazer! Sou soropositivo há 15 anos. Levou bastante tempo até eu aceitar essa minha nova condição e realidade, e depois de alguns percalços da vida eu levo uma vida boa e feliz! Criei esse blog para tentar te mostrar, que a vida é muito maior do que um mísero vírus e que não podemos fazer nossa vida girar em torno disso.

31 Comentários em “O que você escolhe?

    tata ( 25/04/2017 - 11:52 AM )

    pedro vamos vencer tomo dois comprimidos tambem nao sinto reacao nenhuma logo a cura chegara tenho fé em Deus

    Pedro ( 23/04/2017 - 3:49 PM )

    Olá, creio que por uma energia extremamente positiva eu encontrei este blog. Lendo os textos e, principalmente, os comentários, percebo que os sentimentos são os mesmos. Iniciei o tratamento na última quinta-feira (20/04), após a confirmação através do Western Blot em 28/03. Apesar do início do tratamento , não senti nenhum efeito colateral. Meu sono até melhorou. Tenho controlado a ingestão de bebidas alcoólicas e estou reiniciando minhas atividades físicas. Confesso que em alguns momentos do dia bate uma tristeza, mas estou tendo apoio do meu namorado e Irma, que tem sido muito importantes. O exame do meu namorado deu negativo, graças a Deus! Segundo a infectologista minha infecccao deu-se há cerca de 05-06 anos, devido às características das infecções oportunistas e da quantidade de CD4 e da carga viral.
    Como dito anteriormente, se erramos ou fomos enganados, não importa, o importante é nos cuidarmos e termos a certeza de que iremos ficar melhor.
    Abraço a todos! Força e obrigado!

    Alli ( 29/03/2017 - 6:02 PM )

    Olá, vou desabafar. Descobri ser soro positivo dia 09/02 quando peguei meus exames pedidos ao medico por estar gestante, fiz exame num dia e no outro pediram que fosse colher sangue novamente pois havia faltado, uns 10 dias depois pedi a meu irmao que fosse busca-los para mim, e a surpresa foi que eu deveria procurar um Posto de Saude da cidade pois um exame meu teria sido enviado diretamente pra lá. Logo ja veio um misto de coisas em minha cabeça. Dia 10/02 fui ao Posto de saude e consultei diretamente com o infectologista, na noite anterior eu nao dormi so pensava nisso que com certeza poderia ter dado Positivo, e deu! Sou casada, gravida do 1 filho tao desejado, meu esposo fez e deu negativo , dias depois ja fiz coleta para ver Cd4 e carga viral. A fixa so cai quando comecamos a tomar o medicamento, comecei com 12 semanas de gestacao, meus esposo ja fez a 2 coleta deu negativo tbn, estamos torcendo para a ultima agora dia 10/03 ser afirmativa e dar negativa tbm, meu pior medo seria ter infectado ele e possivelmente infectar minha filha, mas como os medicos disseram com a medicacao tomada certinha as chances sao quase 0 de passar ao bebe. Tem sido dias dificeis, minha familia ao meu lado, mas nao e facil, é um peso muito grande nas costas, é dificil mas sei que vou superar e tirar de letra. Estou a 20 dias tomando medicamento, os efeitos tem sido tontura tomo 21.30 23.00hr mais ou menos ja fico bem zonzinha, e vomito pela manha mas pode ser pela gestacao tbm, espero que logo passe. Boa sorte a todos nao é facil, mas tbm nao e o fim do mundo!

      Viver com HIV ( 29/03/2017 - 7:33 PM )

      Oi Alli,

      Com certeza essa fase ruim vai passar, aguenta firme que vai passar! Conte com a gente aqui do blog.

      Um abraço

    Verdade sobre tudo ( 16/03/2017 - 2:26 PM )

    Descobri que tinha HIV sem querer, fui fazer um exame pra uma cirurgia e o laboratório me ligou pedindo uma segunda amostra, fiquei desesperado, já estava né, pois fazer um teste pra HIV é sinistro, mas enfim, depois disso, fiz a segunda coleta repeti o exame e fiz o exame Western Blot, que é o confirmatório, quando vi no site do laboratório que tinha dado positivo, não tive reação, foi estranho, chorei algumas vezes mas nada d+, parece que o desespero e a ansiedade antes dos exames são piores do que um resultado positivo, acredito que o maior medo de ser portador do HIV é essa dúvida do “como será o amanhã?” mas todos dizem que é normal, e acredito que seja mesmo, pq se sou indetectável e tenho meus cd4 altos, não terei problemas, certo!? Comecei meu tratamento há 3 dias com o remédio novo e não estou sentindo nada, Graças a Deus, vamos ver daqui pra frente, ahhh meus cd4 estavam em 550 e a carga viral em 27000, o infectologista disse que ainda estou no início da infecção. Então gente, FAÇAM O TESTE!!! Pior é ter uma complicação por causa de uma herpes ou de uma hepatite ou toxoplasmose que vc teve há anos atras. O pior do teste é a espera do resultado, só isso. Ser positivo ou negativo é consequência e tem tratamento, que em mim não teve nenhum efeito colateral, Graças a Deus!! Orem antes de iniciar, A nossa vida está nas mãos de Deus, não adianta se desesperar!! Deus tem o melhor para nós!! Se erramos ou fomos enganados, não importa!! O que passou passou a proteção não foi usada no momento certo e vamos nos cuidar, os tratamentos estão melhores, tem um suplemento aí que aumenta a imunidade, Glutamina, pesquisem e se cuidem, vamos fortalecer nosso sistema imunológico!! Da pra ser mais saudável do que um soronegativo. Ahhhhhh Quanto a quantidade de comprimidos, o que acontece, são apenas 2 dos antirretrovirais e antigamente eu nem me importava com resfriados e gargantas inflamadas, mas hoje é diferente, passamos a tomar mais cuidado e com isso a tomar mais remédios, é apenas uma consequencia, se no passado eu me preocupasse tanto quanto hoje, também tomaria muitos remédios, é muito relativo. As pessoas tendem a associar tudo ao HIV e nem sempre é.

    Adriana ( 08/03/2017 - 11:40 AM )

    Descobri ontem q tenho hiv, estou com 538. Estou sem chão , triste. Quero desaparecer.

      Viver com HIV ( 08/03/2017 - 11:46 AM )

      Oi Adriana,

      Te mandei um e-mail para conversarmos melhor ok? E não te preocupa, eu removi a tua foto antes de publicar o teu comentário!!

      Um abraço

    ROBERTO BOSS ( 02/03/2017 - 9:34 PM )

    Hoje dia 02/03/07 eu e meu namorado vamos começar o tratamento com o 3×1. Vou ser bem sincero, está sendo uma barra, não contamos para ninguém é amanhã ainda tenho entrevista de emprego. Espero eu tomar o remédio e dormir muito para não sentir os efeitos colaterias. Confesso que esse é um medo muito grande. Seria legal fazerem os comentários sobre os efeitos colaterias dos remédios e se me permitirem aqui no blog gostaria de ir informando de vez em quando como está sendo o meu tratamento. Tenho a sensação de que vou ficar muito tonto e me sentir cansado e dormir. Na realidade acho que eu quero que seja assim… rsrs Dia 07/03 faço o exame de carga viral e vamos ver o que dá, sem contar que contrai o vírus de um ex namorado que me traia…

      Viver com HIV ( 03/03/2017 - 1:46 AM )

      Oi Roberto,

      Vou ficar torcendo para que você e seu namorado não tenham efeitos colaterais. E pode sim, informar a gente do teu progresso. Tenha fé, vai dar tudo certo!
      Uma boa sorte na sua entrevista de emprego amanhã!

      Um abraço

    Horus ( 21/02/2017 - 5:13 AM )

    Oi! Acabo de descobrir q sou soro positivo! Estou completamente sem chão! Graças a Deus achei o seu blog que de uma certa forma me acalmou é muito! Eu tô c muito medo! Por favor entre em contato cmgo! Preciso conversar e não tenho coragem de contar pra os meus amigos! As únicas pessoas q sabem é minha mãe e meu ex namorado! Se vc tiver um tempo na sua agenda pfvr me manda uma resposta, queria trocar WhatsApp contigo para ter alguém pra conversar sobre isso pois é como se eu estivesse afundando em águas escuras sem nenhum freixo de luz!

      Viver com HIV ( 21/02/2017 - 6:16 PM )

      Oi Horus,

      Te enviei um e-mail para conversarmos melhor ok?

      Um abraço

      Marcus ( 22/02/2017 - 9:15 PM )

      Horus fique calmo no inicio é assim mesmo mais depois as coisas se acertam….
      O momento que você sta vivendo é o que chamamos de luto mais fique calmo vai passar, procure manter sua cabeça firme , faça o tratamento e com tempo tudo vai ser acertando

        Horus ( 22/02/2017 - 11:45 PM )

        Oi Marcos!
        Obrigado pelas palavras. Já estou no meu terceiro dia de descoberta, muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, amanhã é a minha primeira consulta com infectologista. Confesso que estou um pouco mais calmo e tem alguns minutos que até esqueço do que está acontecendo comigo e do nada vem uma paranoia e eu começo a chorar, porém estou mais forte do que o primeiro dia! Uma das coisas que estou com medo é de quanto precisar ir pegar o remédio eu encontre alguém conhecido ou alguém divulgue meu nome como soro positivo por aí! A cidade não é muito grande e infelizmente isso já aconteceu aqui, foram divulgados alguns nomes através de WhatsApp! Tenho medo que aconteça cmgo 🙁

    eliana ( 18/02/2017 - 6:22 PM )

    Meu marido descobriu recentemente que é soro positivo a medica disse que isso já é de 5 a 6 anos pois começou a ter sapinhos na boca e caroços atras da orelha e sua imunidade esta baixa, fez o exame e deu positivo, meu marido é diabético e tem pressão alta, depois de 3 semanas tomando o remédio para o HIV, começou a ter febre gostaria de saber se isso é normal quanto tempo pode durar por favor me responda estamos com medo e se a febre não estabelecer o que fazer, agora gostaria de saber se é HIV ou já é AIDS.

    João ( 06/02/2017 - 7:17 PM )

    Olá. Tenho uma história meio complicada. Eu tive uma relação com uma moça é a camisinha rompeu, depois de 1 ano e algus dias fiquei sabendo que ela era soropositiva, meu contato de risco foi em 12/2014. Depois dessa data se passaram 6 meses e fiz um PCR é deu negativo, fiz outros três em 1 ano e4 meses depois um teste rápido e PCR e Quimioé deu negativo, um mês depois fiz mais um TR e novamente deu negativo.
    O problema é que tenho dois caroços um no pescoço e em baixo da mandíbula e não doem. Gostaria que vcs me ajudassem se eu posso confiar nos resultados.
    Desde já agradeço.

      Viver com HIV ( 07/02/2017 - 6:33 AM )

      Olá João,

      Se depois de um ano e 4 meses, ainda deu negativo, é porque é negativo mesmo. Esses caroços, podem ser muitas outras coisas, sugiro procurar um médico para investigar isso.

      Um abraço

        João ( 07/02/2017 - 8:16 AM )

        Obrigado, pois estava com essa paranóia, e para finalizar irei fazer mais um TR. Obrigado, abraços

    Robson ( 20/01/2017 - 11:46 PM )

    Adorei este blog, pois explica de uma forma muito simples, direta e interativa. Sou HIV desde 2015, mas somente descobri em Agosto/2016, por um erro da médica (Tratamento de Hepatite C) ou laboratório que não atentaram para o resultado e foi quando meu mundo caiu e sofri muito e em quase todos os relatos aqui descritos me vi vivenciando os mesmos dramas. Hoje já aceitei, ou melhor, me aceitei e já não me culpo mais por erros do passado, mas o difícil é a vida afetiva, ou como encontrar alguém que me aceite. Quem sabe uma namorada poderia completar o que esta faltando, mas espero em Deus essa benção.

    Abraços a todos e Deus os abençoe.

      Viver com HIV ( 21/01/2017 - 2:31 AM )

      Robson,

      Com certeza tu vai encontrar uma pessoa que te faça feliz, mas primeiro tu precisa ficar bem consigo mesmo! O resto todo vem na sequência! Ah e bem vindo ao blog! 😉

      Um abraço

    Edu ( 20/01/2017 - 12:49 AM )

    Boa noite, descobri no mes de Dezembro que meu namorado e soropositivo, quando fiquei sabendo, entrei em choque, e ele tambem, ano sabiamos como resolver isso, provalvelmente eu tambem devo ser , mas ainda ano fiz o teste e tbm nao contei a ninguem, tenho medo do preconceito, estou com medo de fazer o teste, minha cidade e pequena , todo mundo conhece todo mundo, vou pra outra cidade pra fazer o teste e se der positivo comercar o tratamento longe, a minha duvida e a seguinte: Quando comercar a tomar os retrovirais, meu sistema imunologico sera enfraquecido? E se eu tomar os remedios, posso desenvolver a doenca rapido? Sou super saudavel , tenho medo de tomar os remedios e ficar enfraquecido! Obrigado pelo blog, nao tenho com quem conversar sobre isso!

      Viver com HIV ( 20/01/2017 - 10:25 AM )

      Olá Edu,

      O teu sistema vai ficar enfraquecido se tu NÃO tomar a medicação! Quanto antes tu tomar a medicação melhor será!

      Um abraço

    Nando alves ( 11/01/2017 - 2:03 PM )

    Eu tenho um irmão soro e a comunicação hj ta muito limitada ele ta em depresao dês de Dezembro , como posso conversa sobre o assunto com ele sem deicha ele constrangido eu tento conversa com ele mas ele sempre fica calado não fala nada isso ta me deixando louco queria meu irmão Alegre como antes

    Gaúcho 29 ( 07/01/2017 - 8:17 PM )

    Parabéns por mais um excelente post Jeff! Tenho acompanhado tudo no blog, inclusive os comentários, desde o dia 13/12/16 que fiquei sabendo que sou soropositivo. Iniciei o tratamento com o 3×1 no dia 23/12/16, os primeiros dias foram os piores da minha vida, acredito que o medo foi um expoente em relação aos efeitos colaterais, mas 8 dias depois já comecei a me acostumar e não sinto quase nada, só muito sono e cansaço. Tuas palavras de apoio e blog me ajudaram muito mesmo nesses últimos dias que foram os mais difíceis da minha vida, obrigado novamente amigo Jeff, e continue com esse lindo trabalho (missão de vida) que tu fazes. Forte abraço.

      Viver com HIV ( 07/01/2017 - 8:30 PM )

      Olá amigo Gaúcho29!

      Muito obrigado! Me deixa muito feliz em saber que tu está melhor e que o blog está te ajudando de alguma forma! 🙂 Muito obrigado por acompanhar meu blog! E espero (e tenho certeza que sim) que tua vida e tu fique melhor a cada dia! Conta sempre com a gente aqui do blog. Estaremos sempre aqui.

      Um abraço

      Pedro ( 14/01/2017 - 9:54 AM )

      oi março agra faz 3 anos. gracas a DEUS 11x cargas virais indetectaveis, veja meu Depoimento “O PRECONCEIT COMEÇA EM NOS” VIDA QUE SEGUE BOM DIA AI

        Edu ( 20/01/2017 - 12:53 AM )

        Boa noite, gostaria de trocar uma ideia sobre como é ser soropositivo, pode me ajudar?

    D.M ( 07/01/2017 - 5:15 PM )

    É bastante difícil enquanto vc não inicia o tratamento, eu por exemplo ainda não iniciei, pois a médica pediu um novo exame de CD4 e carga viral , para ver se o CD4 estiver acima de 500, iremos esperar a nova medicação chegar nas farmácias do governo aqui na minha cidade. Enquanto isso, confesso que estou bem deprimida, mpois fico com medo de sair para a rua e adquirir qualquer tipo de resfriado, tuberculose ou pneumonia…. Não tenho familia, tipo pai, mãe, avós, tenho sim uma filha de 9 anos.
    Quando descobri, por acaso, ser soropositivo em abril/16, quase enlouqueci, pois o pior preconceito é o que existe em nós mesmos, na época meu CD4 eeu 784 e carga viral 3.383, então estou no aguardo da minha consulta dia 16/01/17 para saber se começarei imediatamente o tratamento ou se poderei esperar a chegada do novo.
    Mas tenho passado momentos muito pesados, tipo acordo e durmo me lembrando que tenho o vírus, mesmo sabendo que não é o fim do mundo, porém acho que oq me deixa mais deprimida é não ter com quem contar, como uma família..

      Viver com HIV ( 07/01/2017 - 8:14 PM )

      Olá D.M

      É muito normal ficarmos depressivos após essa notícia! Mas o segredo é não se deixar abater e seguir em frente da melhor maneira possível. Sempre lembrando que isso não é o fim de nada e que tudo vai ficar bem. Tente fazer coisas que te façam bem, com pensamentos positivos, busque conforto nos seus amigos, dê uma caminhada em um parque, saboreie o que há de bom na vida, fazendo isso, a tua vida vai ser muito mais leve, pode acreditar!

      Um abraço

      JS ( 22/01/2017 - 4:18 PM )

      Como VC descobriu???Qual foram os primeiros sintomas??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *