Depoimentos: Negação

Esse é o depoimento de um  leitor, e por questões de sigilo, vamos usar o nome de Samuel!

Vamos ao depoimento:


depoimento: Negação

Minha vida nunca foi fácil, eu acho que nós viemos nessa vida predestinados a sermos felizes ou a sofrermos.

Minha luta começa desde novo, não tive pai presente, meu pai foi meu avó. Minha mãe, sempre trabalhou, portanto minha avó que me criou.

Sou carioca da gema e falo “XIANDO PRA EXQUERDA” kkk. Tive uma infância que qualquer criança gostaria de ter hoje em dia. Brinquei descalço, joguei bola, pião, pipa, pique e até boneca (por incrível que pareça fui o neto/primo/sobrinho homem da casa) ou seja, vive rodeado de mulheres. Com descobrir aos 14 anos que eu gostava de meninos (ou ter a confirmação, porque eu já sabia) e desde então nunca mais me relacionei com mulheres. Então eu cresci, me tornei um homem (hoje com 23 anos). É nessas coisas da vida por ter uma boa educação, sempre quis ajudar as pessoas. No ano de 2014, eu fui fazer uma doação de sangue, até então para ajudar as pessoas. E me surpreendi, porque 30 dias depois, chegou uma carta pedindo para eu comparecer à unidade a qual fiz a doação. Chegando nessa unidade, a Dra (que eu jamais esquecerei aquele rosto) pediu que eu fizesse uma nova coleta, pois aquela tinha dado alterações (provavelmente ela já sabia, só não quis dizer). E eu fiz! 15 dias depois ela me ligou pedindo para comprarecer lá novamente, porque tinha dado outro erro. Eu fui! Crente eu, que já iria fazer um barraco, pra que tanto sangue? Pensei eu. Ela muito atenciosa, me pediu pra sentar. Me ofereceu café, água, bala, até mesmo sanduíche. E eu nervoso ignorei, disse que era pra ela apenas falar, porque eu trabalhava e não poderia ficar indo lá toda hora doar sangue. Talvez eu tenha sido até grosseiro! E então ela me mostrou o diagnóstico (porque ela sabia que eu era da área da saúde). Pra minha surpresa deu “REAGENTE PRA HIV1”. Eu simplesmente gelei na mesa, eu não sabia o que fazer. Um filme de todas as minhas relações sexuais passaram na minha mente. EU SINCERAMENTE NÃO ME LEMBRO DE TER SIDO INADIPLENTE EM RELAÇÃO AO USO DE PRESERVATIVOS. Eu pensei tanta coisa na hora, mas não chorei. Apenas gelei. Com o resultado na mão vim pra casa. Eu não aceitava a doença dentro de mim. Na época eu estava com um CD4/CD8 ótimos. Carga viral baixa. Agora não me recordo! Mas o meu sentimento era de NEGAÇÃO. Eu não acreditava que aquilo tinha acontecido comigo. Logo comigo que sempre me previni. Não procurei cuidados! E deixei, segui minha vida como se nunca tivesse ouvido um resultado daqueles. Só que uma hora, a corda fica bamba, e você cai. No final de 2016, (pois é, demorou DOIS ANOS pra eu começar meu tratamento), eu comecei com uma dor no peito, uma tosse. Lembrei daquele resultado! Fui na clínica da família aqui perto de casa e contei tudo. Eu fiquei com medo de ser uma pneumonia, uma tuberculose. A gente já pensa logo no sério. Fiz o teste rápido, deu positivo. Me pediram pra retornar entre dois dias para fazer o ELISA. Gente, mesmo com tantas confirmações eu pedia tanto a Deus que pudesse mesmo assim dar negativo. Mas não deu. 30 dias depois saiu o resultado do Elisa e foi quando me encaminharam para um posto próximo a minha casa dois dias após o resultado do Elisa. Tive que fazer mais uma cacetada de exames, e comecei o antirretroviral 3em1. No início eu tomava ele é mais uma cacetada, era muito remédio. Hoje em dia eu só tomo o 3em1 porque graças ao universo minha carga viral tá zerada e meu CD4 tá ótimo. Sou mais feliz! Aprendi aceitar, mas ninguém sabe. Preferi não contar a ninguém. Preferi manter sigilo! E acreditem, é possível! Hoje eu só quero viver bem. Eu não precisei de psicólogo, amigo, familiares, nada. Ninguém sabe! Eu precisava buscar conforto em mim mesmo. E eu tenho cada a dia a mais achado e tentado melhorar os pontos negativos. Sou grato pela vida, pelos animais e natureza. A vida agora tem sentido pra mim. Eu desde então não consigo me relacionar com ninguém, sexualmente e sentimentalmente. Não me sinto preparado pra isso. Mas me sinto bem comigo mesmo e é isso que importa. Meu espirito estar bem.

Obs: essa é a primeira vez que me abro com alguém.


Este foi o depoimento do nosso amigo Samuel.

Amigo Samuel,

Muito obrigado pelo seu depoimento! Desejo a você , toda a felicidade do mundo, uma vida repleta de bons momentos com muita saúde e paz!

Um abraço


  • Se você tem uma história de superação e ou de uma batalha que está travando no momento! E tiver vontade de compartilhar, escreva para o meu email: depoimentos@vivercomhiv.com.br manifestando o seu interesse em contar sua história. Vou adorar conhecer sua história e publicar ela aqui.
  • Todos os nomes mencionados nesse depoimento são fictícios.

 

Autor do Post Jeff

Eu sou o Jeff! Muito prazer! Sou soropositivo há 15 anos. Levou bastante tempo até eu aceitar essa minha nova condição e realidade, e depois de alguns percalços da vida eu levo uma vida boa e feliz! Criei esse blog para tentar te mostrar, que a vida é muito maior do que um mísero vírus e que não podemos fazer nossa vida girar em torno disso.

11 Comentários em “Depoimentos: Negação

    ROBERTO ( 29/05/2017 - 9:27 AM )

    A 4 meses mais ou menos tomo o 3×1 e ainda não me acostumei. Não consigo dormir direito, tenho pesadelos, sensação de cansaço. Quando descobri estava com CD4 em aproximadamente 500 e CV de apenas 740. Será que estou indetectável? Meu tratamento é feito pelo SUS e como sabem por lá é tudo muito demorado. Apenas em setembro saberei dos novos resultados onde farei novos exames.

      Jeff - Viver com HIV ( 30/05/2017 - 8:37 AM )

      Oi Roberto!

      É bem provável, está muito perto disso acontecer, se não for nesse exame, será no próximo!! Mas somente o exame vai poder te dizer com certeza!!

      Um abraço

    bmr ( 27/05/2017 - 3:19 AM )

    Jeff Parabéns, o formato da página cada dia mais legal. Deus abençoe você e todo pessoal que segue o blog,

    Samuel ( 23/05/2017 - 3:23 PM )

    Realmente não é fácil, mas até o momento estou conseguindo carregar esse fardo sozinho. Tenho medo do preconceito. Essa semana mesmo ouvi minha tia comentando sobre, e julgando quem tinha. Então pronto prefiro guardar esse fardo só cmg.

    LUIS GUSTAVO ( 23/05/2017 - 2:40 PM )

    Isso ae samuel,agora e bola pra frente, e se cuidar.com o tempo vc acha uma pessoa nas mesmas condiçoes q vc,ou sorodiscordante que te aceite desse jeito e que te ame muito. Eu peguei o hiv do meu namorado,e nao sei como ele pegou,estamos enfrentando essa batalha juntos,e começamos o tratamento no mesmo dia,ja tem quase quinze dias,graças a Deus nao tivemos nenhum efeito colateral. Abraços!!

      Samuel ( 03/07/2017 - 8:58 PM )

      Realmente não é fácil. Mas o importante é que vocês estejam bem. E viva o amor de vocês!

    Guilherme ( 23/05/2017 - 9:40 AM )

    Samuel, nessa hora que abandonamos tudo que é desnecessário para sermos felizes. Damos valores a pequenas coisas, as mais simples. Com o andar do tempo, você vai sentir confiante em ter alguém para compartilhar sua vida, que ouso dizer. Um fraterno abraço!!!

      Samuel ( 03/07/2017 - 9:02 PM )

      Eu preferia encontrar alguém no mesmo estado que eu. Não quero me sentir preocupado com nada posterior. Obrigado pela força.

    Horus ( 23/05/2017 - 5:37 AM )

    Oi Samuel!

    Quem bom que vc procurou ajuda! Eu bem sei q não é fácil aceitar essa nova condição e se parar pra analisar a gente só n aceita por puro preconceito e falta de informação. Pq ao decorrer do tempo vamos compreendendo quem é o vírus e que somos capaz de deixar ele neutralizado dentro da gente!
    Eu tbm n contei a ninguém (exceto minha mãe) justamente por isso, se eu que sou soropositivo n sabia dessas informações imagina quem não possui o vírus!
    Hoje o medo do preconceito se tornou uma das minhas maiores preocupações por isso entendo vc!
    Mas tudo no seu tempo né? Mas lembre-se que vc tbm não é obrigado a carregar esse fardo sozinho e um dia aparece alguém q vc vai se sentir a vontade pra contar.
    E acredite, falar sobre isso mesmo que aqui onde ninguém sabe quem é vc ajuda muito mesmo. Por isso sempre respondo os comentários.
    Deus te abençoe viu?!
    E a cura tá vindo aí!
    Abraço!

      Samuel ( 03/07/2017 - 9:05 PM )

      Isso é verdade. Acho que depois de ter desabafado eu tirei um peso das minhas costas. E é ótimo isso. Mas mesmo assim Ainda ninguém sabe da minha condição. Pretendo sempre responder também os comentários. Vou ser igual vc rs. Obrigado de coração pelo comentário. Que os anjos te abençoe. ❤

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *